Dra. Sexo

<< VOLTAR

Pela definição do Dicionário Aurélio, “sexo é sensualidade, volúpia, lubricidade, sexualidade“ ou “os órgãos genitais externos”. Mas sabemos bem que sexo é sexo e ponto final: ninguém precisa definir. Precisa mesmo é praticar e falar muito a respeito – exatamente para poder praticar melhor. E quem melhor do que a Dra. Sexo para falar, de forma ousada, direta, franca e sem medos, a respeito do assunto que mais interessa e sempre interessou a humanidade?


Dra. Sexo é, claro, uma especialista em sexo. Ela tem um programa diário na rádio chamado “Dra. Sexo responde”, onde aconselha, atende telefonemas, lê cartas e e-mail. Além disso, trabalha em seu consultório, onde atende pacientes individualmente, em terapia de casal ou de grupo e em grupos de auto-ajuda.


Dra. Sexo é formada e supergraduada em sexo, major em zonas eróticas e ponto G, seu único problema é que trabalha tanto que nunca sobra tempo para ela se relacionar. Apesar de ser uma mulher extremamente experiente e sedutora, de cima de seus 56 anos, ela não consegue pôr em prática a maioria de suas teorias.


Por detrás de sua identidade pública, Dra. Sexo é Drá. Suelly Seixas, ginecologista e obstetra que, ao bater a marca dos cinco mil partos, resolveu estudar psicologia e se especializar em sexo. Aproveitou  a sua própria bagagem e experiência (foi casada e separada três vezes) e a facilidade que tem para se comunicar com o público e estabeleceu-se como a maior autoridade “popular” em sexo do país. Virou a famosa sexóloga “Dra. Sexo”.


Dra. Sexo tem duas filhas e um enteado. Do casamento com o primeiro marido, Chico, nasceu a mais velha, Vanessa, 35 anos, casada que faz de tudo mas não consegue engravidar. Do segundo matrimônio, com Tatonho, Dra. Sexo engravidou de Juliana, 27 anos e “adotou” o pseudo-enteado Carlinhos, 21 – ambos moram com a doutora. O terceiro casamento, bem, este ela prefere não comentar: dois anos de arranca-rabo com Emílio – um desastre que a deixou absolutamente desiludida com os homens – e sem sexo.


Típica chefe de família moderna, a Dra. Sexo, é acima de tudo uma mulher moderníssima chegando aos 60 cheia de responsabilidades, problemas e muito, muito amor pela vida. Atualmente, sua vida amorosa e sexual é conturbada.
Dra. Sexo é protagonista absoluta e narradora de nosso programa, e quase sempre se envolve nas questões de seus pacientes. O programa vai contar histórias temáticas, discutindo o sexo casualmente e de forma adulta – mas com muito humor e descontração. Algumas vezes, o foco do episódio estará nos paciente da Dra. Sexo e em como ela irá ajuda-los. Em outras, o foco estará mesmo sobre a Dra. Sexo e sua família.